Visita do secretário estadual de saúde a Patos de Minas, nesta segunda-feira (14), é cancelada

logo-face
logo-face
Visita do secretário estadual de saúde a Patos de Minas, nesta segunda-feira (14), é cancelada

A visita do secretário estadual de saúde, Carlos Eduardo Amaral Pereira da Silva, a Patos de Minas, nesta segunda-feira (14), foi cancelada. O encontro, com gestores municipais da saúde e prefeitos da região, deve ocorrer em outra oportunidade. No entanto, nos bastidores, circulam informações extra-oficiais de que o cancelamento ocorreu após a polêmica envolvendo o Hospital Regional Antônio Dias Maciel (HRAD). As possíveis mudanças na administração da unidade geraram protestos de servidores e a Câmara Municipal garantiu que apóia a causa.

Carlos participaria de reuniões com secretários municipais de saúde do Alto Paranaíba e Noroeste Mineiro. Além disso, havia previsão de encontros com lideranças políticas, visita ao HRAD, dentre outros compromissos. O Clube Notícia não acessou a agenda oficial do secretário, mas fontes confirmaram essas atividades. No entanto, as reuniões foram canceladas e os compromissos deverão ocorrer em outra oportunidade.

Nos bastidores, informações extra-oficiais indicam que a visita foi cancelada, após protestos de funcionários do Hospital Regional Antônio Dias Maciel. Na última semana, os servidores fizeram diversas manifestações na Capital do Milho, questionando as mudanças na gestão da unidade. O grupo afirma que o Governo do Estado está vendendo a saúde pública e o HRAD.

Na Câmara Municipal, vereadores manifestaram apoio e muitos vereadores criticaram o chamado “desmonte da saúde”. Os funcionários do hospital fizeram uso da Tribuna Livre da Casa e expuseram falhas no novo modelo estudado pelo Governo de Minas. Por conta dessa pressão, disseram fontes do Clube Notícia, a visita do Secretário Estadual de Saúde foi cancelada.

Por: redação Clube Notícia.

Comentários

  • Na Real

    Comentário enviado em - 14/10/2019

    Aquilo que deveria ser sólido, e se transforma em pó tem como se transformar em sólido novamente?! A única matéria que se faz isto é só água, mas no menor descuido, vira liquido e acaba evaporando! Agora me diz que a saúde, esta as mil maravilhas, que o município, e o estado tem devolvido ao cidadão aquilo que lhe é de direito! Está "Câmara", só tem apresentado projetos contra o cidadão, para que ele pague mais, e mais impostos e taxas ao município, mas o cidadão não recebe nada em troca! Estes funcionários do HRAD, só querem manter as suas mamatas, trabalhar que é bom ninguém quer! Antes do secretário propuser qualquer coisa, estes bando de vereadores, que passou a legislatura todinha, dormindo e coçando o saco, para quem tem, e quem não tem, passou penteando a "Perereca", agora vem dizer que é contra! É contra oque?! Funcionário que não trabalha, que não condiz com o seu salário, também é criminoso, é um estelionatário! O funcionário publico tem que produzir da mesma formula da iniciativa privada, pois lá se a empresa não crescer, fali, ele perde o emprego; a mesma regra tem prevalecer para o serviço publico, mas aqui para proteger gente preguiçosa, incompetente, criaram uma "Lei", que os protegem, e quando você reclama, para as suas chefias diretas... nada acontecem! Agora o ROMEU CREDIÁRIO ZEMA, esta mais perdido que cego em tiroteio, sentado em uma cadeira de roda, faltando as duas rodas dianteiras para ele achar uma direção! Achou ele que administrar o estado, seria a mesma coisa que quando as vendas não vai bem, basta fazer uma promoção, ou aumentar o numero de parcelas! Diz a norma que uma boa negociação, você ouve a proposta, e apresenta uma contra proposta, até chegar em um consenso; quem dita a norma e não abre mão dela é..."DITADOR"!!!