“Garrafinha” é preso e autuado pelo crime de estupro de vulnerável

12/11/2017 16:17:18

Redação Clube Notícia

“Garrafinha” é preso e autuado pelo crime de estupro de vulnerável

Neste sábado (11), um homem de 61 anos foi preso e autuado pelo crime de estupro de vulnerável. Ele foi acusado de molestar uma menina de 4 anos. O caso aconteceu em uma chácara no Bairro Ipanema, onde estava ocorrendo  uma festa.

A mãe da menina disse para os militares estava participando de uma festa onde várias pessoas estavam hospedadas no local. Em certo momento, ela deixou a filha no quarto com a  luz acesa e foi preparar um leite para a criança beber.  Ao retornar, ela notou que a luz estava apagada. Ao acender  deparou com o homem bastante exaltado  já saindo do quarto e pedindo perdão para a mãe da menina.  Em conversa com a mãe, a menina disse que o homem entrou no quarto, apagou a luz e começou a passar as mãos na cabeça e na parte íntima.

Imediatamente, a mãe da menina contou o fato para os participantes da festa, os quais colocaram para fora da chácara, tento um deles levado o homem para casa.  A Polícia Militar foi acionada e localizou o homem na casa onde reside na Rua Adélio Maciel, Bairro Várzea.  Ele apresentava fortes sintomas de embriaguez e alguns ferimentos no rosto provocados por pessoas que ele não se lembra que estavam na festa.

Após ser ouvido pelo delegado de plantão, José Alves Pereira de 61 anos,  conhecido como “Garrafinha”, foi autuado pelo crime de estupro de vulnerável e encaminhado para o presídio Sebastião Satiro.

 Na delegacia, em conversa com a reportagem da Rádio Clube, ele negou os fatos, disse que foi tudo uma armação e que nunca teria coragem de fazer isso com uma menina de 4 anos, “ Não fiz nada, conheço a cadeia,  já tirei cadeia por homicídio, sei muito bem como é esse artigo e nem quando estou viajando não coloco menor na carreta”, concluiu Garrafinha.

Mais detalhes, ouça a entrevista que Garrafinha concedeu ao repórter Toninho Cury.

Comentários