Mesmo com o nível do Rio Paranaíba abaixando, Corpo de Bombeiros alerta sobre área de risco; confira fotos e vídeos

logo-face
logo-face
Mesmo com o nível do Rio Paranaíba abaixando, Corpo de  Bombeiros alerta sobre área de risco; confira fotos e vídeos

O 12º BBM divulgou nesta sexta-feira (14) novas imagens mostrando a situação da enchente do Rio Paranaíba em vários pontos do município de Patos de Minas. Como, por exemplo, na BR 365, Ponte do Arco, Ribeirão da Cota e Ponte do Bigode.

Com as imagens a equipe do Corpo de Bombeiros conseguiu observar que o nível da água está abaixando. Porém, segundo informações repassadas pela prefeitura na tarde desta sexta-feira (14), 399 pessoas, sendo 325 adultos e 74 crianças foram afetadas pelas chuvas.

O levantamento ainda aponta que deste numero toltal de 399 afetados, 343 pessoas foram desalojadas e outras 56 pessoas foram desabrigadas.

Mesmo ainda estando mais de 10 metros acima do nível normal, a redução do nível do rio deixa os pontos de inundações estáveis, sem invadir novas residências e permite gradativamente a fase de reconstrução das áreas atingidas. 
De acordo com o monitoramento feito nesta sexta-feira (14) em alguns pontos, estima-se que o nível das águas tenha baixado cerca de 1 metro, aproximadamente.

O corpo de Bombeiros alerta a população sobre um ponto de atenção neste período em que o nível da água está abaixando. Segundo os Bombeiros na Ponte do Bigode, mesmo com a água abaixando, o rio alagou a cabeceira da ponte deixando a área em situação perigosa.

Defesa Civil e Corpo de Bombeiros continuam monitorando a situação em toda cidade. durante toda esta sexta-feira (14), o Corpo de Bombeiros apoiou a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social na distribuição de donativos (cestas básicas, kits de limpeza e água mineral) em comunidades na zona rural que foram isoladas pelos pontos de alagamentos do Rio Paranaíba e seus afluentes.

O local mais crítico foi na Comunidade de Porto das Posses, localizado após a Ponte do Bigode. O Corpo de Bombeiros utilizou um barco a motor para conseguir transpor as correntezas do Rio Paranaíba sobre a Ponte do Bigode, houve apoio também na travessia do Ribeirão da Cota.

Ao todo, foram distribuídos 28 (vinte e oito) kits de mantimentos as famílias em comunidades isoladas.

Fotos e vídeos: ASCOM12º BBM

Comentários