Com frota do transporte público estudantil parada, universitários de Lagoa Formosa reivindicam retomada do serviço

logo-face
logo-face
Com frota do transporte público estudantil parada, universitários de Lagoa Formosa reivindicam retomada do serviço

Estudantes de cursos técnicos e universitários de Lagoa Formosa, estão enfrentando um sério problema, em relação ao transporte público estudantil, que faz o trajeto até Patos de Minas.

Com o início da pandemia e suspensão das aulas presenciais o transporte também foi suspenso. Porém, as aulas presenciais em Patos de Minas para a rede particular já foram retomadas na última semana.

Estudantes relatam que foram convocados pela secretaria municipal de educação para renovação das carteirinhas de transporte, depois de tudo pronto, foi informado para os alunos que a data para início dos transportes, que seria dia 12 de abril, o que não ocorreu.

A secretaria de educação teria informado para os estudantes que falta motoristas para realizar o transporte, e não pode contratar mais servidores, pois, o município atingiu o teto máximo de contratação, a secretaria ainda teria informado que uma empresa será terceirizada para realizar o transporte, mas que ela ainda não terminou todos os trâmites e desta forma não tem data prevista para a retomada do transporte.

Porém, os estudantes precisão continuar os estudos e são obrigados a arcar com o transporte particular. Segundo relatado para o jornalismo da Rádio Clube 98, alguns estudantes chegam a gastar R$400,00 por mês.

Uma estudante que preferiu não se identificar, relatou que a indignação é ainda maior, levando em consideração que o município de Lagoa Formosa, possui 12 ônibus e 5 vans parados e em perfeito estado para o transporte. Além disso três vans adquiridas na última gestão, estão chegando no município para completar a frota.

A secretária de Educação de Lagoa Formosa, Katia Braga Machado, foi procurada pelo jornalismo da Rádio Clube. Kátia relatou que já está ciente da demanda e que retornaria posteriormente para repassar mais informações, até o fechamento dessa reportagem não houve retorno.

Comentários

  • Patrícia reis

    Comentário enviado em - 20/05/2021

    Nao gosto do didi

  • Sônia Braga

    Comentário enviado em - 24/05/2021

    Mais uma mentira da administração. Tem os ônibus, tem 2 motoristas efetivo em casa sem trabalhar e receber, porque o prefeito Didi não aceita eles no transporte escolar por perseguição política. Votaram no 45.

  • Sônia de Deus Ferreira

    Comentário enviado em - 24/05/2021

    Infelizmente as coisas aqui não funcionam mais, como nos anos anteriores. Uma cidade que não da suporte para seus habitantes, principalmente jovens anciosos por um futuro, é uma cidade que vive um retrocesso sem tamanho. A frota de ônibus tá parada, motorista efetivos que trabalhavam no transporte de estudantes, sendo obrigados a desviar de local por pura perseguição política.