SES-MG ressalta medidas de controle da transmissão da Covid-19 no ambiente domiciliar

logo-face
logo-face
SES-MG ressalta medidas de controle da transmissão da Covid-19 no ambiente domiciliar

O que fazer quando um dos moradores de uma residência estiver infectado pelo novo coronavírus? Como deve ser o isolamento dessas pessoas? Essas são dúvidas comuns, já que há risco de transmissão da doença em ambiente domiciliar. Por isso, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) ressalta que é essencial as medidas de prevenção e proteção para evitar a disseminação da COVID-19 entre as pessoas que coabitam o mesmo ambiente.

A Subsecretária de Vigilância em Saúde, Janaína Passos de Paula, reforça que “as pessoas que moram com alguém que esteja com a doença devem observar se há o aparecimento de sintomas, e caso ocorra sinais de síndrome gripal, os sintomáticos devem ser testados. É muito importante, também, que a Unidade de Atenção Primária à Saúde seja comunicada para o monitoramento dos contatos. ”

O doente deve ser isolado em um quarto ou cômodo individual, que deve estar sempre arejado e bem ventilado. O uso de ar condicionado ou ventilador deve ser evitado no ambiente. Com relação ao uso de máscaras, se o paciente mantiver o isolamento em um único local, sem contato com os familiares, o uso é dispensado.

No entanto, caso haja necessidade de a pessoa doente circular em outros cômodos da residência, “as pessoas devem usar máscara de proteção facial ”, reforça Janaína Passos.

Limpeza

A limpeza da residência merece atenção especial no caso de ter alguém doente. É fundamental realizar a higienização de todos os ambientes com solução desinfetante, regularmente, utilizando-se produtos à base de cloro, como o hipoclorito de sódio a 1%, álcool líquido a 70% ou outro desinfetante para essa finalidade, desde que seja regularizado pela ANVISA. Já com relação aos banheiros, antes de iniciar a limpeza desses locais, deve-se colocar desinfetante à base de cloro no vaso sanitário, fechar a tampa e dar descarga. Somente depois disso, deve-se iniciar a limpeza. Se possível, manter um banheiro exclusivo para a pessoa confirmada com Covid-19.

As lixeiras devem ser limpas e desinfetadas com água, sabão e solução sanitária, se forem de material plástico. Caso seja de outro material, realizar desinfecção com álcool a 70%. Para a limpeza dos utensílios utilizados na alimentação recomenda-se água e detergente líquido; e para a desinfecção empregar álcool 70%, hipoclorito de sódio a 1% ou outro saneante registrado pela ANVISA para esse fim.

Por fim, a subsecretária pondera que não devem ser realizadas visitas no ambiente doméstico, até que seja finalizado o período necessário ao isolamento, e que “os moradores higienizem as mãos frequentemente e não compartilhem objetos de uso pessoal como escovas, celulares e óculos, assim como talheres, copos e pratos”, salientou ela.

Fonte: ASCOM SES MG

Comentários