Paulo Mota diz que é alvo de tramóias e fala de grupos interessados em prejudicar a saúde de Patos

logo-face
logo-face
Paulo Mota diz que é alvo de tramóias e fala de grupos interessados em prejudicar a saúde de Patos

O vice-prefeito Paulo Mota, em desabafo publicado nas redes sociais, disse que é vítima de perseguição. Segundo ele, grupos influentes estariam prejudicando as ações dele em prol da saúde na cidade. Entretanto, não citou nomes, nem mesmo fez menção direta a ninguém. No encerramento do vídeo, Mota pediu orações. No entanto, a gravação parece ter sido feita antes da construção do Hospital de Campanha, mas só foi divulgada nesta sexta-feira.

“Estão tramando contra as ações do vice-prefeito de Patos de Minas na área da saúde. É deprimente ver que pessoas estão utilizando o WhatsApp, e outras redes sociais para atrapalhar o trabalho de uma prefeitura que está trabalhando firme”, desabafou.

Além disso, o vice falou da montagem do hospital de campanha e afirmou que há pessoas interessadas em travar o avanço do serviço prestado na unidade. “Isso tem incomodado. Algumas pessoas querem manter a antiga estrutura de saúde de Patos de Minas. Isso não cabe nesse momento. Esse momento é de oração”, declarou.

Paulo Mota preferiu não citar nomes. Ele também não mencionou o prefeito José Eustáquio (DEM). O vídeo parece ter sido criado para responder a criticas e tem trilha sonora e foi gravado, aparentemente, no escritório do vice-prefeito. Confira na íntegra:

Comentários

  • VALDIR PIAU DE ALMEIDA

    Comentário enviado em - 18/09/2020

    Olá Paulo... o trabalho que está apresentando na prefeitura municipal, dá respando para que não tenha tempo para se preocupar além de seu seu serviço á comunidade... nossa cidade está ficando enorme, temos que aceitar ela como cidade polo e fazer o que for necessário para o bom andamento dos moradores... sucesso e é uma pena que não vá continuar seus préstimos á cidade... te cuida...