Patos de Minas adquire 1.000 testes rápidos da COVID-19 e negocia a compra de oito respiradores

logo-face
logo-face
Patos de Minas adquire 1.000 testes rápidos da COVID-19 e negocia a compra de oito respiradores

A Prefeitura de Patos de Minas conseguiu, na rede particular, 1mil testes rápidos para o novo cornavírus. A expectativa, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, é de que a distribuição seja feita nesta semana. Com isso, estimam os técnicos da Vigilância Epidemiológica, ficará mais fácil de identificar e isolar os infectados. Respiradores também podem ser ainda semana adquiridos e serão montados no Hospital de Campanha.

O Prefeito de Patos de Minas, José Eustáquio (DEM), informou que cada teste custou 130 reais, e foram adquiridos via Consórcio Intermunicipal de Saúde do Alto Paranaíba (CISALP). A iniciativa supre uma carência da Fundação Ezequiel Dias (FUNED), que tem levado, pelo menos, 14 dias para divulgação dos resultados. No caso de Patos de Minas, a maioria dos pacientes suspeitos se recupera da doença, antes mesmo da confirmação do resultado.

Procedimento de coleta

Para ser testado, o paciente deve procurar uma unidade de saúde e, após avaliação do médico, (que vai decidir se a coleta será feita ou não) o material é recolhido e enviado à FUNED. O teste rápido será feito na sequencia, para que os profissionais de saúde isolem o paciente ou ministrem outro tratamento. Ou seja, o procedimento segue o mesmo: testar apenas aqueles que apresentem sintomas.

Compra de respiradores

Além disso, segundo informações do Prefeito, Patos de Minas negocia a compra de oito respiradores. Os aparelhos, que estão em falta no mercado, vão ser utilizados no Hospital de Campanha, montado no Centro Clínico Universitário, na Avenida Marabá. O equipamento custa 54 mil reais cada, e virão de Santa Catarina.

Comentários

  • Na Real

    Comentário enviado em - 17/04/2020

    Se os pacientes estão se curando antes de chegar o resultado testado, porque à necessidade de se comprar respirador?! Já não existe protocolo para o tratamento do vírus?! Vão jogar quase meio milhão de reais fora comprando respiradores pra que?! Depois quando estes respiradores estiverem enferrujando, ficando obsoletos, não tendo mais a sua necessidade, vão negocia-los com as "Borracharias" da cidade para os borracheiros encher pneus não é verdade! A "Prefeitura de Patos de Minas", tem que ser comparada como se ela fosse uma carroça, mas ao invés de colocar o "Jumento" para puxar à carroça...colocaram ele para dirigi-la!

  • Na Real

    Comentário enviado em - 17/04/2020

    Se os pacientes estão se curando antes de chegar o resultado testado, porque à necessidade de se comprar respirador?! Já não existe protocolo para o tratamento do vírus?! Vão jogar quase meio milhão de reais fora comprando respiradores pra que?! Depois quando estes respiradores estiverem enferrujando, ficando obsoletos, não tendo mais a sua necessidade, vão negocia-los com as "Borracharias" da cidade para os borracheiros encher pneus não é verdade! A "Prefeitura de Patos de Minas", tem que ser comparada como se ela fosse uma carroça, mas ao invés de colocar o "Jumento" para puxar à carroça...colocaram ele para dirigi-la!

  • .

    Comentário enviado em - 13/06/2020

    "Na real" Pra que ter farmácia? Os remédios vencem né Pra que ter hospitais se não é todo mundo que morre? Meu deus, só li ignorância no seu comentário. Se você não sabe, existe uma coisa chamada prevenção. Se de todos os habitantes de patos, apenas 8 tiverem complicações e tiverem que usar o respirador, então teremos respirador para eles, pq cada vida importa. Que ótimo que muitos se recuperaram, mas sempre precisamos pensar naqueles que não estão recuperando. Pense nisso! E os respiradores poderão ser usados depois, quando voltar a rotina ao normal e voltarem a fazer as cirurgias não essenciais no momento. Te faltou conhecimento sobre isso...