Trovão tá bem na fita

29/06/2016 10:53:00

Adamar Gomes


Contrariando a previsão da maioria, a campanha da URT na Série D do Campeonato Brasileiro é plenamente satisfatória, até o momento, concluído o primeiro turno da fase classificatória. Quem poderia prever que, um time formado às pressas, com jogadores da base e mais alguns outros colocados por empresários e clubes parceiros pudesse mostrar serviço em tão pouco tempo?

A conquista do título do interior, colocou o Clube num patamar superior, provocando o crescimento do nível de exigência do torcedor, da imprensa e daqueles que acompanham o futebol do Trovão Azul.

Mesma sabedora dessa realidade, a diretoria não deixou a vaga conquistada em campo para outro concorrente e bancou a participação, apostando no novo grupo, formado especificamente para a competição nacional. Novos nomes, no elenco e na comissão técnica. Um time de jogadores da base, de empresários, de parceiros, para encarar na primeira fase, representantes de outros três Estados.

Na estreia, em casa, a URT conseguiu uma vitória de virada sobre a Desportiva Ferroviária, do Espírito Santo (2x1). Em sua primeira apresentação fora de casa, o Trovão foi batido pelo Volta Redonda, embora tenha mostrado um bom padrão de jogo. Finalmente, no fechamento do turno, a Celeste mostrou superioridade na partida no interior de Goiás, conquistando mais uma virada (3x1) diante do Goianésia.

A partir de agora serão dois jogos em casa (contra Goianésia e Volta Redonda) e o encerramento da primeira fase no Espírito Santo, contra a Desportiva, quando saberá se partirá ou não para a fase do mata-mata.

A classificação é possível, a julgar pelos números atuais. Dos 68 Clubes alistados, 32 seguirão no Torneio. De acordo com o regulamento, os 17 primeiros colocados dos Grupos, têm vaga garantida na sequência do Torneio. Somam-se aí mais 15 dentre os 17 segundos colocados. E nesse panorama, a URT aparece em terceiro lugar. Com isso, a Poeira tem a 20ª melhor campanha dentre todos os participantes. Esses são números temporários, pois a fase ainda não acabou, havendo todo um segundo turno pela frente.

Por isso, o treinador Magela cobra determinação e obediência tática de seus jogadores, que têm as suas responsabilidades, nas funções próprias de suas posições e no plano de jogo. É o que temos observado até o momento. Que continue assim, para que essa Série D/2016 seja lembrada mais na frente, como uma participação histórica da Poeira.  



Adamar Gomes - radialista e jornalista, atua no Sistema Clube de Rádio. É narrador esportivo e chefe da equipe Bola na Rede da Rádio Clube. Participa do Liberdade nos Esportes. Publica notícias do esporte no site AG Esporte e Clube Notícia.