Semáforos apresentam problemas e Prefeitura acelera troca de equipamentos e criação de central

logo-face
logo-face
Semáforos apresentam problemas e Prefeitura acelera troca de equipamentos e criação de central

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte acelerou a troca dos equipamentos semafóricos, após problemas em equipamentos antigos. De acordo com o chefe da Pasta, Roberto Carlos Campos, uma empresa terceirizada já trabalha para o aprimoramento do serviço e as falhas, registradas nas últimas semanas, serão sanadas em breve. A maior parte dos problemas foi registrada na Rua Major Gote e na Avenida Paracatu.

“Os nossos semáforos são antigos, mas nós já adotamos providências para sanar aquele problema. Até semana que vem tudo estará resolvido”, explicou Campos, em entrevista ao repórter Otaviano Marques. Ainda segundo o secretário, no caso da Major Gote, um caminhão danificou o controlador do semáforo e, por isso, os aparelhos perderam a sincronia.

Central Semafórica

A Prefeitura já trabalha na instalação de 34 controladores de semáforos. Os equipamentos compõem a chamada central semafórica. A proposta é criar uma “linha verde”, ou seja, onde o tempo parado é menor. “Pela Central nós conseguiremos controlar os equipamentos em tempo real”, explicou Campos. Embora o secretário não tenha dado um prazo mínimo, a expectativa é de que a central comece a funcionar no início do próximo ano.

Para conferir os detalhes da organização semafórica, em Patos de Minas, ouça a reportagem de Otaviano Marques, clicando no áudio abaixo:

Comentários

  • Na Real

    Comentário enviado em - 02/12/2019

    Mais um serviço que a "Prefeitura", deixa de executar, e terceiriza sem licitação! Aí até jiló é doce, mas as mamatas não deixam de existir, pois ao invés de qualificar o funcionário, passa a lhe pagar sem trabalhar!!! Agora eu gostaria de saber se o digníssimo "Secretário", é um colaborador sem proventos, ou esta acumulando salários, pois como reformado da digníssima "Policia Militar", já recebe uma boa aposentadoria integral?! Agora como secretário do trânsito, é pior que recruta!!!