Professora, que ministrava aulas no Satiro, é presa, após repassar celular para detentos

logo-face
logo-face
Professora, que ministrava aulas no Satiro, é presa, após repassar celular para detentos

Uma professora, de 30 anos, foi presa, após ser flagrada facilitando a entrada de celulares no Presídio Sebastião Satiro. A mulher trazia os aparelhos no sutiã. Em seguida, um preso seria o responsável pela entrega aos destinatários. Segundo o boletim de ocorrências, ela teria recebido 250 reais pelo serviço. Os celulares eram deixados no banheiro da sala de aula da unidade. Quatro presidiários também foram levados para a Delegacia, por envolvimento no caso. 

De acordo com o relato da ocorrência, a professora retirava os objetos do sutiã e deixava na pia do banheiro. Em seguida, um dos presos pegava os aparelhos, colocava em uma camisinha e introduzia no ânus. Um detento era usado no transporte dos celulares. Ele não soube informar quem eram os destinatários dos objetos.

Após buscas na sala de aula do Presídio Sebastião Satiro (e em algumas celas) foram encontrados os objetos. A professora informou que os celulares foram entregues à ela por outra mulher. Os aparelhos seriam entregues ao marido dessa mulher. A professora confessou que fez o mesmo serviço para outros detentos e chegou a receber 250 reais.

A ação era engenhosa: além de usar a professora e um detento para repassar os celulares, os presos também conseguiam acesso a carregadores e outros materiais, por meio da sala de aula, usando espaços ventilação de uma das salas. Todos envolvidos foram levados para a delegacia e entregues ao delegado de plantão.

Por: redação Clube Notícia.

Comentários

  • Na Real

    Comentário enviado em - 09/11/2019

    Vergonhoso!!! É por estas e outras, que a correção prisional, não ressocializa ninguém! Quem tem que dar exemplos, se comporta pior que os criminosos! Agora ela seria a proprietária da "Transportadora CHAVASCA & FIOFÓ" , ou era só terceirizada, porque alegar que levava os aparelhos no sutiã, é mentira ou tinha á conivência de quem tinha que fazer a revista! Mas aqui não é o pais das maravilhas pra quem é honesto, é para bandidagem! Aqui autoridade máxima, é bandido, aqueles que tem que aplicar a leis, são mais bandidos do que os criminosos que eles julgam! Aqui a "Bandidagem", tem os seus direitos respeitados, mas os direitos dos "Cidadãos", que da toda a estrutura para á nação funcionar, não é respeitado! Aqui o "Estado", te assalta, para dar vida boa á criminosos! Chegou a "Hora" do cidadão se armar e fazer valer a sua lei por suas mãos, pois se ele não fizer, vai ficar refém da própria sombra!!!