PM prende suspeito de roubar estudantes nas proximidades do UNIPAM; ele nega os crimes

logo-face
logo-face
PM prende suspeito de roubar estudantes nas proximidades do UNIPAM; ele nega os crimes

Na manhã desta segunda-feira (07), um homem, de 36 anos, suspeito de ser autor de alguns furtos e roubos nas imediações do Centro Universitário de Patos de Minas (UNIPAM), foi abordado pela Polícia Militar e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil de Patos de Minas. Com ele foi encontrado um aparelho furtado.

Tenente Gilberto disse que, na semana passada, a Polícia Militar registrou alguns furtos e roubos nas imediações do UNIPAM e que depois desses fatos, os militares estavam fazendo levantamentos para tentar identificar o autor.

De posse de características repassadas pelas vítimas, a Polícia Militar abordou o suspeito Fábio dos Reis Porto, mais conhecido como “Jamaica”, em uma praça que fica na Rua dos Tupis, Bairro Caramuru.

Foi procedida busca pessoal e encontrado com ele um aparelho, que em principio, sem procedência. Ao ser questionado, Fabio disse que adquiriu o celular de uma pessoa pelo valor de 40 reais.

Durante levantamentos, os militares constataram que o celular era furtado. Em relação aos furtos e roubos ocorridos na semana passada, a Polícia Militar realizou algumas diligencias e em contato com duas vítimas, as mesmas reconheceram o suspeito.

Fábio dos Reis Porto, mais conhecido como “Jamaica”, 36 anos, foi preso e encaminhado para a delegacia pelo crime de receptação.  Na delegacia, Fabio negou que tenha praticados os delitos nas imediações do UNIPAM e confirmou que comprou o celular que foi encontrado com ele de um usuário em uma boca de fumo.

Por: redação Clube Notícia.

Comentários

  • Na Real

    Comentário enviado em - 07/10/2019

    Se o "Ladrão Mor " do Brasil, negas os crimes com todas as evidências, já constatadas pela PF... agora imagina este pé de chinelo?! Não vai querer admitir... é nunca! Agora vamos fazer uma alteração no código penal: roubou ou receptou, a pena é a mesma... vai ver se alguém vai querer comprar produto roubado?!