Três empresas participam de licitação para duplicação da Avenida Marabá

logo-face
logo-face
Três empresas participam de licitação para duplicação da Avenida Marabá

O prazo para entrega das propostas terminou nessa segunda-feira (12). Conforme apurou a equipe do Clube Notícia, três empresas participam do processo licitatório para duplicação da Avenida Marabá. Uma delas é de Patos de Minas; as outras duas são de Belo Horizonte e Brasília, respectivamente. Agora, a Administração inicia o processo de análise das propostas, e a empreiteira que apresentar os menores valores e os melhores serviços, vence a disputa.

As empresas concorrentes são: Paesan Pavimentação, com sede em Patos de Minas; RFonseca, empresa de Belo Horizonte e BM Silva Construções LTDA. Após a escolha, a Prefeitura poderá executar os recursos da obra, vindos do Governo Federal, e começar os trabalhos. Caso não haja recurso, a tendência é de que o serviço comece em alguns meses – o município não divulgou data limite.

O projeto de duplicação da Avenida Marabá foi entregue ao Ministério das Cidades ainda na gestão de Michel Temer (MDB). No total, serão investidos R$7.965.421,45 (sete milhões, novecentos e sessenta e cinco mil, quatrocentos e vinte e um reais e quarenta e cinco centavos). O projeto prevê a duplicação do trecho da MGC-354, até a rotatória da Coopatos. O restante da Avenida será recapeado.

Além disso, a obra também inclui a construção de uma rotatória de acesso ao Bairro Alto Limoeiro, uma demanda antiga dos moradores da região. A proposta promete dar mais agilidade, mobilidade e segurança aos motoristas que passam pelo local. Com a recente inauguração complexos imobiliários e novos bairros no entorno da Marabá, as melhorias no trecho se tornaram indispensáveis.

Por: redação Clube Notícia.

Fotos: arquivo Clube Notícia.

Comentários