Criança de cinco anos é encontrada, dormindo, em salão de festas; ela estava sozinha no local

logo-face
logo-face
Criança de cinco anos é encontrada, dormindo, em salão de festas; ela estava sozinha no local

Uma criança, de 5 anos, foi localizada na madrugada deste domingo (11/08) dormindo sozinha, deitada no piso, em um salão, onde havia ocorrido uma festa de aniversário infantil, na cidade de Carmo do Paranaíba. O fato que chamou a atenção da Polícia Militar é que o menor foi deixado no local pelos próprios familiares, que realizavam o evento festivo.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada por uma testemunha e compareceu ao local, que fica situado na Avenida Aristides de Melo, onde através de uma grade, que estava trancada, a denunciante teria visto uma criança deitada no “chão” do estabelecimento dormindo. Como não havia ninguém no imóvel, que se encontrava vazio, a PM foi comunicada.

Chegando ao lugar, os policiais visualizaram o garoto que estava dormindo. Em seguida, após certificar que não tinha gente no salão, um militar pulou a grade e levou o menino até a sede da 90ª Cia de Polícia Militar, até que fossem localizados os pais do garoto. Um colchão foi providenciado pelos militares para alojar o garotinho que dormia.

Durante levantamentos, a Polícia conseguiu chegar até a casa da avó materna da criança, sendo que os pais do garoto também estavam no local. Em conversa com o casal de 40 anos, foi quando eles tomaram ciência do fato, e disseram que tudo havia sido um “acidente”, pois a avó teria saído do local onde ocorreu a festa levando dois de seus filhos, e acabou deixando o menor para trás.

O casal contou que ao final do evento festivo, se deslocou para a casa da avó materna do garoto, acreditando que o menino estava na residência dormindo, juntamente com os outros filhos. Diante dos acontecimentos, foi necessário encaminhá-los para delegacia de Polícia Civil na cidade de Patos de Minas. Já o garoto “esquecido” no estabelecimento foi entregue aos cuidados da avó.

Na delegacia depois serem ouvidos pelo delegado de plantão o casal foi liberado.

Matéria: Vanderlei Gontijo/Fonte: Polícia Militar/ Fotos: Júlio César

Comentários

  • Na Real

    Comentário enviado em - 13/08/2019

    Como dizia a Inezita Barroso: Oque a marvada pinga faz! Mais uma reprise de esqueceram de mim!!!