Patos de Minas já tem 17 assassinatos registrados no primeiro semestre de 2019

logo-face
logo-face
Patos de Minas já tem 17 assassinatos registrados no primeiro semestre de 2019

Um levantamento divulgado Policia Civil, em Patos de Minas, revela que o tráfico de drogas e entorpecentes, tem sido a causa da maioria dos crimes violentos no município. Em 2016 foram registrados 20 crimes violentos. No ano seguinte 2017, 23 homicídios registrados e no ano passado 25. Nos primeiros 6 messes de 2019 foram, até agora, 17 vitimas de homicídio em Patos de Minas.

O delegado, Érico Rodovalho, lembra que a maioria dos crimes violentos foram apurados pela Policia Civil e está com autores presos ou com mandados de prisão em aberto. “Temos percebido que a maioria das vitimas de crimes violentos são homens jovens com idade entre 15 e 30 anos e que teriam uma vida inteira pela frente”, disse.

O primeiro homicídio do ano de 2019, por exemplo, foi de um jovem de 22 anos, morto a tiros na esquina da Rua Jatobás com a Rua dos Eucaliptos, no Bairro Alto da Colina. Diego Junior Borges, conhecido como “Du Beicim” foi atingido por 4 disparos de pistola calibre 380.  

Em entrevista a Rádio Clube 98, o delegado Érico Rodovalho, responsável pela Delegacia de Crimes Contra a Pessoa, informou que nos últimos 3 anos foram 80 assassinatos registrados em Patos de Minas, sendo que boa parte deles relacionados ao uso e tráfico de drogas. Ainda segundo o delegado, disputas por território e bairros aprecem também como motivação de crimes violentos na cidade seguidos de casos passionais.  

Ouça a entrevista com o delegado de homicídios de Patos de Minas no áudio abaixo:

Foto: arquivo clubenoticia

Comentários

  • Na Real

    Comentário enviado em - 11/07/2019

    Sabe porque o numero de assassinatos estão aumentando?! É porque o nosso judiciário é omisso ou conivente, não pune o criminoso, aqui o crime compensa! Quando o crime é apurado, a pena é leve, e o criminoso recebe um caminhão de benefícios, desde as visitas intimas, como os saidões, comida boa, motel com segurança na porta, celulares para continuar administrando os crimes, preferências nos serviços de saúde, medicação gratuitas de qualquer medicamento prescrito; andar cumprindo a lei e a ordem pra quê?!