Homem se recusa a fazer sexo com amásia, revela ser homossexual e é esfaqueado

logo-face
logo-face
Homem se recusa a fazer sexo com amásia, revela ser homossexual e é esfaqueado

Após revelar que é homossexual, um homem de 48 anos foi esfaqueado pela amásia. A Polícia Militar foi acionada e chegou a prender a autora, mas a mulher, que tem 26 anos, foi liberada. A vítima sofreu cortes no peito, provocados por uma faca de mesa (geralmente utilizada para cortar pães). De acordo com o boletim de ocorrência, o homem recebeu atendimento médico do SAMU e foi encaminhado para o Hospital Regional. Os ferimentos não foram graves.

A confusão entre o casal começou após a vítima se recusar a manter relações sexuais com a mulher. Em depoimento para a PM, a autora disse que tentou transar com o amásio, mas ele se recusou e ainda revelou “que gosta de homem”. Enfurecida, a mulher pegou uma faca de mesa e desferiu golpes no lado esquerdo do peito do companheiro. Em seguida, o homem conseguiu fugir e foi localizado em rua das proximidades onde o fato foi registrado, no Bairro Sebastião Amorim. Segundo os militares, ele estava com a camisa suja de sangue.

Para os policiais, a vítima não revelou detalhes do ocorrido e afirmou, apenas, que entrou em atrito verbal com a amásia e fugiu, temendo ser ferido novamente. A mulher e a faca utilizada no crime foram levadas para a delegacia. Após ser ouvida, ela foi liberada pelo delegado de plantão.

Por: redação Clube Notícia.

Foto: arquivo Clube Notícia.

Comentários