Após ter telefone grampeado, mulher é vítima de golpe e perde mais de 5 mil reais

logo-face
logo-face
Após ter telefone grampeado, mulher é vítima de golpe e perde mais de 5 mil reais

Uma mulher, de 54 anos, foi vítima de um golpe, após ter o telefone possivelmente grampeado e fornecer dados de três contas bancárias para, pelo menos, dois suspeitos na tarde desta terça-feira (14), em Patos de Minas.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a vítima acionou a Polícia Militar (PM) relatando que, por volta das 14h, recebeu uma ligação de uma mulher informando que uma pessoa estaria tentando fazer compras no cartão dela, na cidade de Belo Horizonte. A mulher orientou que a vítima ligasse no 0800 grafado na parte traseira do cartão e cancelasse o mesmo. Ao ligar para o número, a vítima conversou, por horas, com um suposto atendente que se identificou como Luís Guilherme.

Luís sabia diversos dados pessoais da vítima, como nome dos pais e, após confirmar diversas outras informações, solicitou que ela digitasse o número dos cartões de três bancos em que ela possuía conta e em seguida, cortasse os mesmos para que eles pudessem ser descartados.

Ficou combinado que um funcionário do banco buscaria os cartões cortados, já envelopados e acompanhados de uma carta autorizando a perícia dos mesmos. Às 18h, um rapaz gordo, moreno, de estatura mediana, cabelo curto e espinhas no rosto, buscou os cartões na casa da vítima.

Em seguida, a vítima acessou os aplicativos bancários e constatou que vários saques e compras foram realizados nas três contas, totalizando a quantia de R$5.680,00. Após o golpe, a vítima percebeu que o telefone parou de fazer e realizar chamadas. Durante a noite, a vítima acionou a PM que acredita que a mesma possa ter tido o telefone fixo grampeado. Diligências estão sendo realizadas pelos militares no intuito de identificar os possíveis suspeitos de envolvimento no estelionato.

Comentários