Criminalidade diminui em Patos de Minas, diz relatório da PM

logo-face
logo-face
Criminalidade diminui em Patos de Minas, diz relatório da PM

A Polícia Militar de Patos de Minas divulgou um balanço dos indicies de combate ao crime no município. Em linhas gerais, praticamente todas as modalidades criminosas apresentaram redução no número de ocorrências. Além disso, os militares também destacaram a nova postura dos policiais nas ruas. Agora, o patrulhamento foi intensificado em todas as áreas e há mais militares viaturas circulando pelas ruas.

“A cidade de Patos de Minas está mais segura”, afirma o Comandante do Décimo Quinto Batalhão, Tenente Coronel Rogério, com base nos resultados do banco de dados do “Armazém SIDS” (Sistema Integrado de Defesa Social), onde estão cadastrados, de forma integrada, todos os registros de eventos realizados pela Polícia Militar, pela Polícia Civil, pelo Corpo de Bombeiros e pelo Sistema Penitenciário do Estado.

Os dados estatísticos do primeiro trimestre mostram que a TQF – Taxa Qualificada de Furtos, que incluem furtos à residência, furtos à transeuntes e também aos diversos tipos de estabelecimentos comerciais, apresentou 33% de redução, quando comparados a 2018, representando uma redução de 229 furtos.

Comparando-se 2019 a 2017, houve uma redução de 74 % no número de roubos, o que representa redução de 95 crimes. Comparando-se 2019 a 2018, houve uma redução de 59%, o que representa redução de 55.

Em relação aos Crimes Violentos (crimes de roubo consumado, estupro tentado e consumado, estupro de vulnerável tentado e consumado, o homicídio tentado e consumado, sequestro consumado, a extorsão, a extorsão mediante sequestro e o cárcere privado), quando comparados 2019 a 2017, houve uma redução de 69%, o que representa redução de 104 crimes violentos. Comparando-se 2019 a 2018, houve uma redução de 50%, menos 47 crimes violentos.

No entanto, o número de tráfico de drogas aumentou e apresentou variação de 22%. Foram 15 registro a mais registrados em 2019, em comparação com 2017. Em comparação com o ano passado, também houve acréscimo. Uma variação de 12%, o que representa aumento de 09 registros.

Fonte: ASCOM PMMG.

Foto: Arquivo Clube Notícia. 

Comentários