Abandonados pelo poder público: produtores de Porto das Posses consertam estrada usando carro de bois

logo-face
logo-face
Abandonados pelo poder público: produtores de Porto das Posses consertam estrada usando carro de bois

Não é só no período da estiagem que os moradores do meio rural sofrem com a situação das estradas vicinais. Enquanto na seca é a poeira e buracos, nas chuvas são os atoleiros e o barro que tornam a vida no campo mais difícil para escoar a produção agrícola. É esse o drama de produtores da região de Porto e Capela das Posses no município de Patos de Minas.

Segundo a moradora da localidade, Maria Aparecida Gomes, a família já chegou a consertar estradas usando carro de bois por iniciativa própria para consertar a estrada que da acesso a propriedade. “Aqui temos 40 vacas leiteiras e precisamos entregar o leite ao laticínio. Sem estrada, o caminhão não consegue chegar. Fica difícil até para meus filhos irem pra escola. No final do ano passado, os dois filhos ficaram sem ir às aulas por causa da situação”, disse a produtora rural em entrevista a Rádio Clube98.

Aparecida ainda reclama que essa semana, funcionários do setor de estradas rurais consertaram um trecho sentido Porto das Posses a região de Curraleiro, mas segundo ela somente fizeram o patrolamento. “Se não colocar cascalho não vai resolver o problema. Quando vier à primeira chuva vai levar tudo embora e será serviço perdido. Vai virar atoleiro de novo”, afirma.

Ouça a entrevista com a moradora, no áudio abaixo:

Comentários