Protestando contra atrasos de repasses do Governo Estadual, prefeitura de Uberlândia fará paralisação nesta sexta

09/08/2018 08:58:13

Clube Notícia

Protestando contra atrasos de repasses do Governo Estadual, prefeitura de Uberlândia fará paralisação nesta sexta

A Prefeitura de Uberlândia irá paralisar o atendimento ao público nesta sexta-feira (10) no Centro Administrativo Municipal e nas sedes administrativas do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) e do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos de Uberlândia (Ipremu). Os trabalhos internos, no entanto, estão mantidos. Aulas na rede municipal de ensino e todos os atendimentos nas unidades de saúde também não serão afetados.

A suspensão do atendimento, oficializada por meio de decreto, ocorrerá em adesão da Administração Municipal ao ato de repúdio e preocupação da Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Paranaíba (Amvap) devido ao não repasse sistemático de recursos de direito por parte do Governo de Minas. Situação que, segundo a Prefeitura, tem prejudicado as receitas dos municípios e tem tornado insustentável o custeio de áreas essenciais para a população.

Ontem, o prefeito Odelmo Leão se reuniu com os secretários municipais e gestores para reforçar “a grave situação financeira enfrentada pela Prefeitura de Uberlândia” e pedir colaboração na contenção de gastos. Uma medida necessária, conforme explicou o prefeito, para que o Município consiga fechar o ano de 2018 com equilíbrio nas contas públicas.

Levantamento recente realizado pela Associação Mineira dos Municípios (AMM) e repassado à prefeitura mostra que a dívida do Estado para com Uberlândia já passa de R$ 152,2 milhões. São recursos referentes a parcelas de direito não repassadas do IPVA, ICMS, Fundeb, Saúde, dentre outros.

“Estamos fazendo uma administração como em tempos de guerra. Nossa missão é continuarmos mantendo equilíbrio financeiro e os serviços essenciais ao povo. Portanto, vamos continuar fazendo gestão pública séria e responsável”, destacou o prefeito Odelmo Leão.

Fonte e texto: Diário de Uberlândia.

Foto: Gazeta de Uberlândia. 

Comentários