Promoções impulsionam vendas no Dia dos Namorados

11/06/2018 09:09:07

Redação Clube Notícia

Promoções impulsionam vendas no Dia dos Namorados

O Dia dos Namorados destaca-se no calendário de negócios do comércio varejista por ser considerado a terceira melhor data para o setor, movimentando praticamente todos os segmentos. A oferta de novos produtos e o apelo emocional da comemoração são os principais motivos para as compras no período. Neste ano, os empresários de Belo Horizonte oferecerão mais um impulso para atrair os apaixonados para as lojas: 41,6% devem realizar promoções e liquidações com foco no dia 12 de junho, de acordo com pesquisa da Fecomércio MG.

Com essas e outras ações, a expectativa é que a maioria das empresas impactadas pela data (50,3%) tenham, neste ano, um desempenho superior ao registrado no Dia dos Namorados de 2017. O impacto será positivo especialmente para as empresas que atuam com tecido, vestuário e calçados (71,3%) e com outros artigos de uso pessoal e doméstico (61,5%).

O valor dos presentes será de até R$ 200 para 87,8% dos consumidores, conforme indica o estudo de intenção de consumo da Federação. O levantamento revela ainda que 36,4% dos entrevistados pretendem adquirir um artigo para agradar ao companheiro ou companheira, percentual praticamente igual aos 37,4% que fizeram a mesma afirmação no ano passado. Entre os que não irão às compras, 58,9% estão solteiros, e outros 19,5% não têm esse costume.

Os itens preferidos são roupas (31,7%), perfumaria (16,6%) e calçados (11,7%). Cerca de 62% dos clientes afirmaram que optarão pelo pagamento à vista, no dinheiro ou cartão de débito. As lembranças serão compradas nos dias mais próximos da data em 62,4% dos casos.

O economista da Fecomércio MG, Guilherme Almeida, chama a atenção para o fato de que 34,8% dos consumidores ainda não sabem como irão celebrar o Dia dos Namorados. No entanto, 30,3% farão um almoço ou jantar especial em casa, superando os 24,1% que irão a restaurantes. “Esse índice se inverteu de 2017 para 2018. É possível que as pessoas estejam optando pela comemoração em casa devido à elevação dos preços da alimentação fora da residência”, pontua.

Ouça as estimativas para Patos de Minas, no áudio abaixo: 

 

Comentários