Vacinação contra gripe é retomada nessa sexta-feira em Patos de Minas

logo-face
logo-face
Vacinação contra gripe é retomada nessa sexta-feira em Patos de Minas

Nessa sexta-feira, dia 27 de março, novas doses da vacina da gripe estarão disponíveis para idosos (maiores de 60 anos) e profissionais de saúde de Patos de Minas, público prioritário da primeira fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. Devido à eficiência do sistema drive thru (atendimento no carro) realizado na Unidade Básica de Saúde (UBS) Guanabara, a prefeitura replicará o modelo na UBS Ipanema, no Centro Integrado de Assistência à Saúde (CIAS) - situado na Avenida Marabá, 201, Bairro Caiçaras - e no Pátio Central Shopping - Praça Alexina Cândida Conceição, 5, Centro.

Além dos quatro pontos mencionados acima, haverá outras 17 unidades básicas com vacinação, incluindo a UBS Várzea. A vacinação ocorrerá no horário de 7h30 até 16h30, com exceção das UBS Sebastião Amorim, Itamarati e Padre Eustáquio - nas quais o horário é das 7h30 às 18h30 - e no ponto de atendimento do Pátio Central Shopping, que iniciará às 8h (até término das doses destinadas a esse local).

As medidas de ampliação dos pontos de vacinação e estratégias foram pactuadas visando evitar aglomeração de pessoas, reduzir as filas de espera e garantir melhor atendimento à população de Patos de Minas. Devido à atual situação de emergência em saúde pública relativa ao Covid-19, outra recomendação é que se evite comparecer nas UBS com crianças. Ressalta-se ainda que é obrigatória a apresentação de documento com foto e, no caso de profissionais da saúde, é necessário documento que comprove vínculo empregatício.

Vacinação em domicílio - No caso da população acamada, não é necessário deslocamento dessas pessoas até as UBS. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a vacinação desse público será realizada no próprio domicílio da pessoa, conforme cronograma que será divulgado posteriormente.

Abastecimento de vacinas - Conforme esclarecimentos da secretária de Saúde, Denise Maria da Fonseca, a distribuição de vacinas ocorre de forma gradual pela Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG). Portanto, de acordo com a demanda apresentada, as doses entregues podem esgotar-se antes que nova remessa seja enviada aos municípios. Contudo isso não é motivo de preocupação, pois há reposição de estoque, e as pessoas não vacinadas poderão procurar as UBS tão logo haja comunicado de envio de nova remessa de vacinas.

Comentários