Atenção patenses: mesmo em isolamento, golpistas continuam agindo

logo-face
logo-face
Atenção patenses: mesmo em isolamento, golpistas continuam agindo

Mesmo em tempos de pandemia, golpistas continuam agindo. Por isso, é importante ficar atento e adotar algumas medidas de segurança. Os golpes aplicados via telefone continuam. Com os idosos ficando mais tempo em casa, a atenção deve ser redobrada com esse público. No entanto, há criminosos ousados, e invadem domicílios, se passando por autoridades de saúde.

No caso das ligações, as orientações da Polícia seguem as mesmas. Informações pessoais, como número de CPF, Identidade e conta bancária, jamais devem ser repassadas. Outro golpe comum é o do falso sequestro. Nesta semana, bandidos enganaram uma idosa de Presidente Olegário, ameaçando matar um familiar dela, caso não pagasse pelo resgate. Em caso de dúvidas, se a pessoa no telefone é ou não um parente, entre em contato com a PM imediatamente e não informe nenhum dado, ou característica de um entente querido. As mesmas orientações são validas para o WhatsApp. 

Em tempos de pandemia, os bandidos estão com outra estratégia: invadir residências, se passando por autoridades de saúde. Eles chegam de forma educada, fingindo serem funcionários do posto de saúde, ou da Prefeitura. Na maioria das cidades onde o golpe foi aplicado, os assaltantes afirmaram que tinham uma vacina para a COVID-19, ou a gripe comum. Depois que entram, fazem um verdadeiro limpa e levam tudo.

Até o momento, não foi registrada nenhuma ocorrência similar em Patos de Minas. Entretanto, as autoridades de segurança pedem cautela e lembram: não há vacina para o novo coronavírus. Caso você tenha dúvida sobre a identidade do funcionário público que bateu em sua porta, procure as autoridades. Peça nome completo e crachá de identificação e checar todas as informações. Também é importante se informar sobre o calendário de vacinação contra a gripe e conferir o cronograma do município.

Comentários