Novo decreto determina o que funciona em Patos de Minas e Polícia Militar emite toque de recolher

logo-face
logo-face
Novo decreto determina o que funciona em Patos de Minas e Polícia Militar emite toque de recolher

A Prefeitura de Patos de Minas emitiu no fim da tarde desta segunda-feira (23/03) um novo decreto determinando o que pode e o que não pode funcionar em Patos de Minas. Paralelo a isto, a Polícia Militar divulgou um vídeo informando que somente profissionais da área de segurança pública, da saúde e de serviços essenciais podem transitar pelas ruas.

O novo decreto é um complemento aos decretos já emitidos anteriormente para prevenir a propagação do Coronavírus – COVID-19. O novo texto informa que só poderão funcionar  as empresas de tratamento e abastecimento de água; produção e distribuição de energia elétrica, gás e combustíveis; assistência médica e hospitalar; distribuição e comercialização de medicamentos e alimentos; funerários; transporte coletivo; captação e tratamento de esgoto e lixo; telecomunicações; guarda, uso e controle de substâncias radioativas, equipamentos e materiais nucleares; processamento de dados ligados a serviços essenciais; controle de tráfego aéreo; compensação bancária; segurança pública; a produção agropecuária e industrial considerados essenciais. (Clique e confira na íntegra o novo decreto da prefeitura)

A Polícia Militar vai realizar blitz nas ruas para fiscalizar motociclista, carros, ônibus e caminhões, além de pessoas num modo geral, como ciclistas, pedestres, etc, que estão circulando nas ruas. As pessoas que não estiverem indo para um trabalho considerado essencial, estipulado por decreto municipal, deverão retornar para casa.

O capitão Ferreira informou que isso é uma medida primordial para conter o avanço do Coronavírus – COVID-19. “Solicitamos a compreensão de todos e que possamos confiar no serviço que estamos prestando a comunidade da região de Patos de Minas e das outras cidades que a Polícia Militar vem atuando”, finalizou.

Comentários