PM cumpre mandado, em casa de suposto traficante, e apreende maconha, dinheiro, TV e outros objetos

logo-face
logo-face
PM cumpre mandado, em casa de suposto traficante, e apreende maconha, dinheiro, TV e outros objetos

A Polícia Militar de Carmo do Paranaíba apreendeu uma grande quantidade de maconha. O fato ocorreu durante cumprimento de mandado de busca e apreensão numa residência, que fica localizada na Rua Carlos Cipreste, no Bairro Paranaíba.  O suspeito de ser o proprietário do entorpecente não foi localizado.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, assim que os militares chegaram ao imóvel foi necessário arrombar a porta para entrar na casa. Já dentro da residência, uma pessoa saiu de um quarto e disse que não tinha escutado o chamado dos policiais. Diante dos fatos, foi lido o mandado e feito as buscas por todo o imóvel.

Com isso, dentro do quarto do suspeito foi encontrada uma grande quantidade de maconha. Ainda foram localizados outros dois tabletes da droga dentro de um guarda-roupa, balança de precisão, um canivete, dinheiro, uma TV de procedência duvidosa e um coldre de revólver, sendo que todos esses materiais foram apreendidos.

Por último, os policiais tentaram prender o alvo do mandado, mas ele não foi encontrado no local. A Polícia Militar ainda realiza diligências na tentativa de localizá-lo. A droga e os materiais apreendidos na casa foram entregues na delegacia de Polícia Civil.

Fonte e fotos: Wanderleu Gontijo e Júlio César

Comentários

  • Na Real

    Comentário enviado em - 15/01/2020

    Como é fácil se fingir de besta para dar fuga aos criminosos!!! Estou surda, hein ?!, não sei!?, não entendi!? Enquanto isto o criminoso foi dando uma de Homem Aranha...só pulando muros! E aqui em Patos de Minas, no ano passado, um "Pastor foi chamado, para dar socorro a um "Marginal", que estava dizendo que ia se matar, estava sob o efeito de drogas, com uma arma de fogo municiada; o Pastor chamou o "Promotor de justiça", para ajuda-lo á dissuadir o mesmo do intento! Lá foi encontrado, muita droga, mais munições, uma quantidade de materiais ilícitos, uma grande quantidade de ferramentas roubadas, e pasmem... não foi instaurado um inquérito policial! Este promotor adora contar que foi gerado na casa da "Luz Vermelha", será porque que não foi instaurado o inquérito, é porque o "Pastor" se diz que é um condutor de ovelhas desgarradas, ou é porque o "Promotor", acha que o mundo da marginalização, não é culpa do "Marginal, mas sim da "SOCIEDADE", e não deve ser punido, tem que ser acalentado...Coitadinho dele "Seu Menezes"!