Governo Federal começa a entregar vacina pentavalente; Patos de Minas terá as doses a partir de quinta (16)

logo-face
logo-face
Governo Federal começa a entregar vacina pentavalente; Patos de Minas terá as doses a partir de quinta (16)

A falta da vacina pentavalente tem causado preocupação para os país em todo o Brasil. Por ser uma das mais importantes e completas imunizações para recém-nascidos, ela protege contra cinco doenças (difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e contra a bactéria haemophilus influenza tipo b, que causa a meningite). A vacina é aplicada em um esquema de três doses aos 2, 4 e 6 meses de idade.

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o fornecimento da vacina foi interrompido no país porque o órgão reprovou um lote do produto, em junho de 2019,  importado de um laboratório indiano. O problema teria sido causado pela mudança na logística de transporte da vacina e alterado a temperatura do composto químico e feito a ANVISA reprovar o material.

Em Patos de Minas, a vacina Pentavalente esta em falta desde o mês de setembro de 2019 quando foi feito o recolhimento de lotes de vacina pelo governo federal.  A falta da vacina que é oferecida na rede pública causou preocupação, já que a rede particular, ela custa entre R$260,00 e R$300,00 a dose. A previsão era de que a reposição fosse feita aos poucos o que não aconteceu.

Somente agora a vacina esta sendo reposta pelo Ministério da Saúde em todo o país e a distribuição começou a ser feita na semana passada. Mais de 1,7 milhão de doses estão sendo entregues aos estados que após o recebimento encaminha o produto aos municípios.

De acordo com a gerente de epidemiologia do município, Elizaine Bicalho, as doses da pentavalente e DTP deverão ser repostas nas unidades de saúde de Patos de Minas já a partir de quinta-feira (16) para suprir a fila de espera.

Por: redação Clube Notícia.

Foto: divulgação

Comentários