Homem é preso após esfaquear seis pessoas no Distrito de Monjolinho em Lagoa Formosa

logo-face
logo-face
Homem é preso após esfaquear seis pessoas no Distrito de Monjolinho em Lagoa Formosa

Um homem de 38 anos foi preso pela Polícia Militar após esfaquear seis pessoas no Distrito de Monjolinho, zona rural de Lagoa Formosa. O fato aconteceu no fim da noite deste sábado (11/01). Duas vítimas, entre elas uma mulher, foram levadas para o Hospital Regional Antônio Dias em estado grave.

Segundo informações do boletim de ocorrência, diversas ligações foram feitas no telefone 190 de que havia uma briga generalizada na praça do distrito de Monjolinho. Ainda de acordo com a denúncia, o suspeito do crime, Adilson Soares Rosa, de 38 anos, conhecido como “Adilson Veião”, estava armado com um canivete e estaria atacando diversas pessoas.

Imediatamente as viaturas da Polícia Militar foram para o local, porém as vítimas tinham sido socorridas por terceiros e o suspeito evadido. Testemunhas disseram que houve uma briga durante uma festa que acontecia na praça.

Adilson estava armado com canivete e teria tentado intervir nesta briga, que envolvia um amigo dele. “Veião” então teria deferido golpes de canivete em quem se aproximasse dele.

Ao todo, seis pessoas esfaqueadas deram entrada no pronto-socorro municipal de Lagoa Formosa. Um garoto de 17 anos e uma jovem de 18 anos ficaram gravemente feridos e tiveram que ser transferidos às pressas para o Hospital Regional de Patos de Minas. Outras quatro pessoas receberam atendimento médico em Lagoa Formosa.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, após rastreamentos, a Polícia Militar encontrou “Adilson Veião” na zona rural de Lagoa Formosa. Ele confessou o crime e disse que tentou intervir numa briga que envolvia um amigo dele, momento que foi atingido na cabeça com uma bengala de moto.

Adilson disse que depois sacou o canivete e começou a desferir golpes em quem se aproximava dele. “Veião” não soube dizer quem teria dado golpe nele com a bengala da moto. Durante buscas pessoais, o canivete, uma faca e um espeto de churrasco foram apreendidos com Adilson.

O suspeito foi levado para a delegacia de Polícia Civil de Patos de Minas. A Polícia Militar registrou um boletim de ocorrência por lesão corporal.

Sobre os feridos, segundo relatos do boletim de ocorrência, dois deles, o adolescente de 17 anos e a Lorrany Cristina Maria Luzia de Lima, 18 anos,  tiveram ferimentos graves e foram transferidos para o Hospital Regional em Patos de Minas onde passaram por cirurgias. A informação foi que o adolescente sofreu um corte no abdômen e tava com exposição de vísceras, a Lorrany apresentava uma perfuração no peito, corte no tórax e também com exposição de vísceras.

Já as outras vítimas, foram medicados no hospital municipal em Lagoa Formosa. Douglas José da Mota, 26 anos, sofreu cortes na mão direita, Eurípedes Junior Nogueira Cunha, 20 anos, sofreu um corte de aproximadamente 15 centímetros no abdômen, Leonardo Sousa da Costa, 19 anos, sofreu  cortes profundos no abdômen e no braço direito e João Paulo Pinto da Fonseca, 21 anos, sofreu dois cortes superficiais e um profundo no abdômen.

Fonte e fotos: Igor Nunes e Toninho Cury 

Comentários

  • Na Real

    Comentário enviado em - 12/01/2020

    Pois é "Adilson"... se a briga era entre seus amigos, você esta mal de amigo! Foi tentar apartar a briga, o amigo do seu amigo achou que você o estava agredindo, deu em você, e agora você esta em uma enrascada daquelas! Se ninguém morrer, menos pior, agora vai tomar uma cana daquelas por tentar matar seis pessoas!!!